quarta-feira, 29 de junho de 2011

Desfile Paula Raia - Primavera/Verão 2011/2012

Abrindo o quarto dia de desfiles do São Paulo Fashion Week (SPFW) com uma pequena recepção em sua mansão no Jardim Paulista, Paula Raia estreou sua marca homônima com a coleção Primavera Verão 2011 2012, a primeira após o termino de sua parceria com Fernanda de Goeye na Raia de Goeye em agosto de 2010. O desfile começou com a inesperada apresentação do Grupo Anacã Corpo e Movimento, cujos integrantes estavam disfarçados de garçons em trajes P&B no melhor estilo street dance.







As texturas e a fluidez agiram na coleção como palavras de ordem, produzindo um efeito artesanal refinado. Paula trouxe tons vibrantes uma silhueta solta, tanto em tops, como em vestidos vaporosos; esses vieram em tons de laranja, vinho e pele, o qual conferiu um aspecto urbano mais leve, diferentemente daquele que pontuava as criações de sua grife anterior.







Logo nos primeiros looks, Paula Raia mostrou claramente o mote do seu verão 2012: shape amplo e jogo de volumes, a fim de trazer fluidez ao seu streetwear chic. As sobreposições - que permearam a maioria das peças – caíram melhor quando formavam texturas por meio da repetição de elementos, principalmente com recortes de tecidos e cruzamento de fios, dispensando assim o uso de estampas na coleção.







O uso do couro entremeando tecidos leves, inclusive o tricot fino, colaborou para que a modelagem mostrasse de forma perspicaz elementos masculinos, bem como este público apresentado em 3 looks – até então nunca trabalhado pela estilista – trouxe sutis aspectos femininos, mesclando gêneros, principalmente quanto à alfaiataria cool empregada. Outro aspecto relevante é como as marcações base para a construção do vestuário foram delicadamente deslocadas, no ombro, no gancho e na cintura, numa referência tênue ao estilo de street dance.







Recortes, vazados, dobras e camadas compunham o shape justo no quadril que, de forma brusca, constituíram calças aladim com recortes laterais e nervuras, além de saias pregueadas, plissadas ou evasê em comprimento midi. Do mesmo modo, o uso de franjas entre as costuras e os pequenos recortes de tecido fosco, contribuíram para um intenso trabalho de texturas proposto por Raia.







Paula Raia esteve à frente de todos os detalhes da coleção cuja textura e leveza veio como palavras-chave e elo entre os modelos. No styling não foi diferente, os looks foram coordenados à echarpes longas, cintos e faixas lisas ou com tressê de tecido, técnica também presente na alças das bolsas. Para os calçados materiais menos maleáveis como couro e tecido de algodão feito em tear, inclusive no modelo slipper (com feitio delicado). Estes consistiram na oportunidade de divulgar o projeto paralelo à marca: o “Morango para todos”, que visa à capacitação de jovens para o setor calçadista artesanal.




O tressê tomou um feitio mais urbano na beleza do desfile, com tranças embutidas que terminavam em coques volumosos. A maquiagem, assinada por Ricardo dos Anjos, seguiu a tendência leve e natural da temporada Primavera Verão 2011 2012, com uma aplicação sutil de blush nas maçãs do rosto.





A coleção Primavera Verão 2011 2012 de Paula Raia mostrou muito das características da estilista na Raia de Goeye, principalmente quanto à fluidez, marcando não só a abertura do quarto dia de desfiles do SPFW, mas um recomeço promissor e autoral.


Fonte: Portais da Moda

3 comentários:

  1. Adorei os tons nude e alaranjado!
    beijos,
    Carol

    ResponderExcluir
  2. Gostei de algumas peças,tmb gostei das cores!!BJOS!! :)

    ResponderExcluir
  3. Adorei a modelagem! Muito laranja vindo por aí!

    Bju!

    www.patriciabu.com.br

    ResponderExcluir

Related Posts with Thumbnails